Este é um guia rápido para o uso do software Smart BM versão 2.16, útil para a comunicação com o Monitor de Buchas BM-HMI nas versões 2.05, 2.06 e 2.07 associados aos Módulos de Medição BM-MM nas versões 6.07, 6.08 e 6.10.

    O software Smart BM permite a leitura on-line de medições, status do BM e informações de autodiagnóstico, além da visualização e modificação dos parâmetros de configuração. Por meio dele, também é possível fazer o download da Memória de Massa (log) e dos dados da memória interna dos módulos de medição.


ÍNDICE

Comunicação com o BM-HMI

  1. Inicie o programa clicando no atalho criado na área de trabalho. A tela inicial será mostrada conforme imagem abaixo. Na parte destacada em verde, é possível ver as medições do BM conectado em tempo real. Na parte destacada em vermelho estão os menus e submenus de configuração e de indicação. Na parte destacada em azul estão os parâmetros de configuração da comunicação do seu computador com o BM. Na parte destacada em preto são mostrados os códigos de autodiagnóstico ativos do BM, o status da comunicação, o botão Download utilizado para baixar o log do BM e o botão Download IM utilizado para baixar os dados da memória interna dos módulos de medição.
  2. Conecte o BM-HMI à máquina através da porta RS-485 (terminais 31 e 32 do BM-HMI) ou RS-232, utilizando um conversor RS-485-USB ou RS-232-USB. Configure o parâmetro "Porta Serial" no BM-HMI de acordo com a porta escolhida para comunicação (Menu → Config. Avancada → Configuracao → Porta Serial).
  3. O protocolo de comunicação do BM deve estar definido como Modbus para que seja possível a comunicação com o software. Caso o protocolo esteja definido como DNP3 será necessário alterar esta configuração momentaneamente (Menu → Config. Avancada → Configuracao → Protocolo).

    ℹ️ Para mais informações sobre como visualizar e alterar parâmetros no BM, consulte a seção 4.9 do manual do equipamento

  4. Configure a porta COM utilizada pelo seu computador para conectar o conversor RS-485-USB ou RS-232-USB. Acesse no Windows Painel de Controle → Hardware e Sons → Gerenciador de Dispositivos, no menu de dispositivos procure por "Portas (COM e LPT)". Clique com o botão direito e em seguida em "Propriedades".
  5. Na tela seguinte, clique na aba "Definições da porta" e na opção "Bits por segundo" configure o baud rate da conexão de acordo com a configuração do BM-HMI (Menu → Config. Avancada → Configuracao → Baud Rate). Em seguida clique no botão Avançadas.
  6. Na tela seguinte selecione o número da porta COM desejado e clique em OK.
  7. Configure os parâmetros no software para a comunicação:

    • Timeout(ms) - Quantia de tempo em milissegundos que o Smart BM vai esperar por uma resposta do BM-HMI antes de começar uma nova tentativa. Mantenha o valor padrão, a não ser em casos especiais.

    • Try - Número de tentativas em comunicar com o BM-HMI antes que o Smart BM mostre uma mensagem de erro de comunicação. Mantenha o valor padrão, a não ser em casos especiais.

    • Baud Rate - Mesmo valor configurado no BM-HMI (Menu → Config. Avancada → Configuracao → Baud Rate).

    • COM Port - Número da porta COM configurado no item anterior.

    • Adress - Endereço do BM-HMI na rede (Menu → Config. Avancada → Configuracao → Endereco).

  8. Clique no botão Connect para conectar com o BM-HMI. Se a conexão for bem sucedida o campo "Communication" exibirá a mensagem "OK" e indicação com luz verde, no campo "On-line Measurements" serão mostrados os valores de monitoramento on-line e no campo "BM Self-Diagnostic" os códigos de auto-diagnóstico se existir algum (caso não exista nenhum erro, neste campo será exibido "OK").

ℹ️  Caso ocorra algum erro de comunicação, consulte a página solução de erros Smart BM v2.16. 

Comunicação com o BM-MM

A conexão com um BM-MM só é útil para download de dados pois dessa forma não é possível visualizar as medições em tempo real, visualizar ou alterar parâmetros.

  1. Inicie o programa e conecte o BM-MM à máquina através da porta RS-485 (terminais 4 e 5 do BM-MM), utilizando um conversor RS-485-USB.
  2. Configure a porta COM utilizada pelo seu computador para conectar o conversor RS-485-USB ou RS-232-USB. Acesse no Windows Painel de Controle → Hardware e Sons → Gerenciador de Dispositivos, no menu de dispositivos procure por "Portas (COM e LPT)". Clique com o botão direito e em seguida em "Propriedades".
  3. Na tela seguinte, clique na aba "Definições da porta" e na opção "Bits por segundo" configure o baud rate da conexão para 9600. Em seguida clique no botão Avançadas.
  4. Na tela seguinte selecione o número da porta COM desejado e clique em OK.
  5. Configure os parâmetros no software para a comunicação:

    • Timeout(ms) - Quantia de tempo em milissegundos que o Smart BM vai esperar por uma resposta do BM-HMI antes de começar uma nova tentativa. Mantenha o valor padrão, a não ser em casos especiais.

    • Try - Número de tentativas em comunicar com o BM-HMI antes que o Smart BM mostre uma mensagem de erro de comunicação. Mantenha o valor padrão, a não ser em casos especiais.

    • Baud Rate - 9600.

    • COM Port - Número da porta COM configurado no item anterior.

    • Adress - Endereço do BM-MM na rede.

  6. Clique no botão Connect para conectar com o BM-MM. Neste caso, os valores mostrados na tela inicial não têm significado algum mas ainda é possível realizar o download do log e o download dos dados da memória interna do BM-MM.

Leituras on-line

    Após estabelecer a conexão entre o BM-HMI e o Smart BM é possível visualizar as medições on-line do IED. Na tela "On-line Measurements" serão mostrados os valores iniciais (Initial Values) e reais (Actual Values) de capacitância e tangente de delta, o tempo para alarme (Time for Alarme) por capacitância e tangente de delta e a indicação de alarme de baixa corrente de fuga (Low Leakage Current) de cada módulo de medição conectado. O status de cada BM-MM será mostrado na parte inferior do campo "Bushing Set" correspondente, onde será exibido "Monitoring" para módulos sendo monitorados ou "Not present" para módulos não existentes ou não utilizados, por exemplo se existirem 2 módulos de medição mas o parâmetro "No.de Conjuntos" no BM-HMI estiver definido como 1.

    Caso alguma fase apresente corrente de fuga baixa a respectiva luz piscará em vermelho, sinalizando o problema. Se eventos de alarme estiverem a caminho devido aos valores de capacitância e tangente de delta, os respectivos campos piscarão sinalizando o problema, onde:

  • Em caso de alarme indicando valor "alto" para capacitância ou tangente de delta a luz será laranja;


  • Em caso de alarme indicando valor "muito alto" para capacitância ou tangente de delta a luz será vermelha.



    É possível visualizar outras medições clicando em "Other Measurements". Nessa tela serão mostradas as medições de temperatura dos sensores A e B se existirem, as tensões fase-terra por fase de cada BM-MM (calculadas considerando a corrente de fuga e os valores de capacitância), as correntes de fuga por fase, somatória das correntes de fuga, somatória dos ângulos das correntes de fuga, ângulos das correntes de fuga das fases B e C (considerando a corrente de fuga da fase A como referência, ou seja, ângulo da corrente de fuga da fase A igual a zero), tensões de linha (calculadas a partir das tensões de fase) e a configuração de fase de cada módulo (ABC, RBC, ARC ou ABR). 


Autodiagnósticos

    O campo "BM Self-Diagnostic" do lado esquerdo da tela informa continuamente se o BM está operando normalmente, nesse caso exibindo uma mensagem de "OK", ou se há alguma condição de autodiagnóstico ativa no BM.

    Quando há um autodiagnóstico ativo, esse campo apresenta os códigos de autodiagnóstico do BM-HMI e de cada módulo de medição como na imagem abaixo. Os erros mostrados para os módulos de medição correspondem ao "agrupamento 1". Nesse exemplo, o MM 2 apresenta o código de autodiagnóstico 0400, que corresponde à "Tensão de referência fora dos limites".



ℹ️  Para identificar a causa e possível solução dos autodiagnósticos, consulte a seção 6.2 do manual.

    Para mais detalhes de autodiagnóstico clique em "Self-Diagostic" no menu localizado no canto esquerdo da tela. Na nova tela serão apresentados detalhadamente os códigos de autodiagnostico de cada módulo de medição (campos “Detailed 1” e “Detailed 2”), assim como a memória de diagnósticos do BM-HMI e dos módulos de medição, como mostrado a seguir.

✓ Para limpar a memória de autodiagnósticos de cada BM-MM e do BM-HMI, clique no botão "Reset Self-Diagnostic Memory".

Modificação de textos de identificação na tela

    Os textos para identificação dos módulos de medição e fases na tela de medição on-line podem ser editados pelo usuário. Para editar um texto dê um duplo clique com o botão esquerdo do mouse em cima do texto, uma nova janela será aberta permitindo a edição. Digite o novo texto desejado e clique no botão OK. O novo texto será exibido e salvo permanentemente.



Configuração e parametrização

    Através do Smart BM é possível ver e alterar a configuração e parametrização do BM, através dos sub-menus de configuração.

Idioma

    Através do sub-menu Language é possível alterar o idioma de exibição do BM. Dê um duplo clique em "Language" no menu localizado no canto esquerdo da tela e selecione o idioma desejado na nova tela que será exibida, em seguida clique no botão Save.

Data e hora

    Para alterar a data e hora do relógio interno do BM dê um duplo clique em "Date/Time" no menu localizado no canto esquerdo da tela. Na janela pop-up configure a data e hora atuais e em seguida clique no botão Save.

✓  Ao entrar nesse submenu, a data e hora do windows serão selecionadas automaticamente.

Definições dos módulos de medição

    Para alterar as configurações de quantidade de módulos de medição e valores iniciais de capacitância e tangente de delta utilize o submenu "Measurement Module". Defina a quantidade de módulos de medição em "Number of Bushing Sets", selecione o módulo de medição em "Bushing Set", sendo que o valor desse campo corresponde ao endereço configurado no BM-MM. No campo "Phase" selecione a fase da bucha desejada (A, B, C, R ou All), defina os valores iniciais de capacitância e tangente de delta  nos campos "Capacitance" e "Tangent Delta" respectivamente e clique em Save para salvar as configurações.


Alarmes

    Para alterar as definições de alarme clique no submenu "Alarms". Na janela pop-up que será exibida escolha o módulo de medição e a fase em "Bushing Set" e "Phase" respectivamente.

✓ Selecione a opção "All" em "Bushing Set" ou em "Phase" para alterar as definições de alarme de todos os módulos ou de todas as fase simultaneamente.

    Em "Alarms Adjustment Mode" escolha o modo de configuração dos alarmes, para capacitância e tangente de delta, entre manual (Manual) ou automático (Automatic). Se for selecionado o modo manual, os ajustes serão dados dados em valores absolutos e caso seja selecionado o modo automático os ajustes serão dados em porcentagem de variação com relação à referência. Ajuste os valores de alarme de capacitância e tangente de delta alta e muito alta, assim como o tempo para alarme de tendência. Em seguida, clique no botão Save do lado esquerdo da tela.

    Em seguida, selecione o modo de configuração dos alarmes de corrente de fuga em "Leakage Adjustment Mode". Se for selecionado o modo manual (Manual), os ajustes serão dados dados em valores absolutos e caso seja selecionado o modo automático (Automatic) os ajustes serão dados em porcentagem de variação com relação à referência. Ajuste os valores de alarme e tempo para alarme de corrente de fuga alta e muito alta. Em seguida, clique no botão Save do lado direito da tela.

Relés

    O BM-HMI possui 7 relés configuráveis para sinalização de alarmes e um relé não configurável para sinalização de autodiagnóstico (NF). Através do Smart BM é possível configurar cada um dos 7 relés. Acesse o submenu "Relays" com um duplo clique. Na janela "Relay Configuration" escolha o relé a ser configurado no campo "Relay". Em seguida, selecione o(s) módulo(s) de medição e a(s) fase(s) marcando as caixas de seleção em "Bushing Set" e "Phase" respectivamente, e os alarmes que vão atuar o relé selecionado. Por fim, selecione o modo de operação do relé entre normalmente aberto (Normally Open) e normalmente fechado (Normally Closed) e clique no botão Save para salvar a configuração. Para configurar os demais relés repita o procedimento.

✓  No campo "Relay" é possível selecionar o relé 8 (relé de autodiagnóstico) porém não é possível configurá-lo.


    Com a configuração mostrada na imagem acima, quando houver alarme de corrente de fuga alta ou muito alta em qualquer uma das fases do BM-MM 1 o relé 1 será atuado, fechando contato, pois o modo de operação desse relé está definido como normalmente aberto.

Configurações avançadas

    Dê um duplo clique no submenu "Advanced" para acessar as configurações avançadas. Na janela "Advanced Configuration" é possível alterar as seguintes configurações:

  • RTD Configuration - seleção dos sensores de temperatura conectados ao BM-HMI onde as opções são: ambos desligados (Both OFF), RTA A ligado (RTD A ON), RTA B ligado (RTD B ON) ou ambos ligados (Both ON);
  • Screen Roll - seleção do modo de exibição da tela, caso seja selecionada a opção "ON" permanecerá indefinidamente no display a última tela visualizada e caso selecionada a opção "OFF" todas as telas de medição serão apresentadas ciclicamente no display, com intervalo aproximado de 15 segundos entre cada tela;
  • Relay Hysteresis - porcentagem da histerese para a desativação dos relés em relação ao valor do alarme programado;
  • LOG Interval - intervalo de tempo para gravação das medições na memória de massa;
  • Trend Time Constant - constante de tempo usada para o cálculo de tendência de evolução de capacitância e tangente de delta;
  • Low Leakage Currente Alarm Set 1 / 2 / 3 - valor mínimo da corrente de fuga para cada módulo de medição, abaixo do qual haverá alarme por corrente de fuga baixa;
  • Analog Output Range - faixa de corrente a ser utilizada pelas saídas em loop de corrente para indicação remota;
  • Sampling Set 1 / 2 / 3 - permite iniciar (Running) ou parar (Stopped) a amostragem dos módulo de medição 1, 2 e 3;
  • Bushig Exchange Set 1 / 2 / 3 - permite selecionar as 3 buchas que estão em operação entre as fases A, B, C e R (reserva) para cada módulo de medição;
  • Minimum Tangent Delta Alarm – valor mínimo para o alarme de tangente de delta alta quando o modo automático é usado para os cálculos do alarme;
  • Maximum Tangent Delta Alarm – valor mínimo para o alarme de tangente de delta muito alta quando o modo automático é usado para os cálculos do alarme;

    Além disso, no quadro "Analog Outputs" é possível configurar as duas saídas em loop de corrente. Selecione a saída a ser configurada em "Analog Output", selecione o(s) módulo(s) de medição e a(s) fase(s) marcando as caixas de seleção em "Bushing Set" e "Phase" respectivamente, em "Analog Variable" escolha a variável associada à saída analógica podendo ser capacitância (Capacitance) ou tangente de delta (Tangent Delta), defina o valor inicial e o valor final da escala em "Initial Value" e "Final Value" repectivamente e clique no botão Save para salvar as configurações. Para configurar a outra saída analógica repita o procedimento.

 Ao clicar no botão Save, todas as configurações da tela "Advanced Configuration" serão salvas, tenha certeza de que as configurações estão corretas antes de salvá-las.


    Quando mais de um módulo de medição e/ou fase forem selecionados para a mesma saída analógica, o valor da saída será o maior entre eles. No caso da imagem acima, o valor na saída analógica 1 será o maior valor de capacitância entre as fases A, B e C do BM-MM 1 a cada instante.

    Através desse submenu também é possível recalcular a referência de cada módulo de medição utilizando os botões Recalculate Reference Set 1 / 2 / 3 e reiniciar a memória de massa através do botão Reset LOG.

 Recalcular a referência de um módulo de medição ou reiniciar a memória de massa pode gerar perda de dados importantes. Execute este procedimento somente se for orientado pelo SAC da Treetech.

Versão de firmware e número de série

    Para visualizar a versão de firmware (Firmware Version) e número de série (Serial Number) do BM-HMI e dos módulos de medição acesse o menu "Information".


    

    Com isso, o guia de uso do software Smart BM versão 2.16 foi concluído.

    Caso haja algum problema ou tenha alguma dificuldade com o download dos softwares, não hesite em entrar em contato!


Contatos:  
Telefone: +55 (11) 2410 – 1190 — Ramal: 421 / 201
Celular: +55 (11) 97225 – 8683 - WhatsApp
Email: sac@treetech.com.br
Portal de Atendimento